OCUPAÇÕES GUARANI NO NOROESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO

Neide Barrocá Faccio, Danilo Alexandre Galhardo, Diego Barrocá, Juliana Aparecida Rocha Luz

Resumo


O artigo apresenta nove sítios e 12 áreas de ocorrências arqueológicas localizados no Município de Santo Antônio do Aracanguá, noroeste do Estado de São Paulo, na região da Bacia Hidrográfica do Baixo Rio Tietê. Nas áreas em estudo, foram encontrados fragmentos de cerâmicas e líticos lascados de grupos indígenas. A análise da cadeia operatória dos líticos lascados demonstrou a utilização de técnica unipolar, cujas marcas puderam ser verificadas nas lascas e nos núcleos analisados. Na cerâmica, vasilhas foram identificadas e associadas à Tradição Tupiguarani. A Região Noroeste do Estado de São Paulo é pouco conhecida do ponto de vista das ocupações indígenas, sendo este estudo uma contribuição para o conhecimento dos Sistemas de Ocupações Indígenas do Estado de São Paulo.

Palavras-chave


Sítio arqueológico Guarani; cerâmica Guarani; lítico lascado Guarani

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.