A RELAÇÃO CAPITAL X TRABALHO E OS LIMITES DO SINDICALISMO NA AGROINDÚSTRIA CANAVIEIRA DA MICRORREGIÃO GEOGRÁFICA DE PRESIDENTE PRUDENTE – SP

Joelma Cristina dos Santos

Resumo


O objetivo do presente trabalho é discutir a relação capital x trabalho e a atuação do movimento sindical na agroindústria canavieira da Microrregião Geográfica de Presidente Prudente (SP). Assim, este artigo pretende entender o movimento sindical e sua atuação junto aos trabalhadores dos diferentes setores congregados na atividade agroindustrial canavieira na porção do território paulista que compreende a Microrregião Geográfica de Presidente Prudente, cujos conflitos internos entre os diversos sindicatos e suas entidades de representação geram desdobramentos negativos para os trabalhadores, à medida que as respectivas federações são responsáveis por ações que se identificam com a busca de seus próprios interesses, se distanciando, dos interesses da base e, principalmente, dos trabalhadores que são por elas representados.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v12i2.932

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025