SONHO DE GARIMPEIRO É DIAMANTE NO PICUÁ: TERRITÓRIO E TRABALHO NOS GARIMPOS DE DIAMANTES EM COROMANDEL/MG

Ricardo Junior de Assis Fernandes Gonçalves, Marcelo Rodrigues Mendonça

Resumo


O artigo possui como centralidade compreender a (re)organização do território e do trabalho em áreas de garimpos de diamantes no município de Coromandel/MG. A metodologia usada baseia-se no levantamento bibliográfico e pesquisa de campo. Em campo, priorizamos procedimentos como entrevistas, observação e diário de campo, além do uso de equipamentos como máquina fotográfica, filmadora e Sistema de Posicionamento Global (GPS), necessários para a obtenção de informação e dados. A partir da década de 90 do século XX questões como o fortalecimento das leis ambientais e trabalhistas, interdição de garimpos, ação de empresas transnacionais, organização dos garimpeiros em cooperativas e mecanização da atividade tem gerado rápidas mudanças, com rebatimentos nas relações de produção e trabalho nas áreas de garimpos de diamantes no município de Coromandel/MG.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v12i2.924

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025