A RELAÇÃO ENTRE O ESTADO E OS SINDICATOS NA ERA VARGAS: UMA ANÁLISE GEOGRÁFICA

Amir El Hakim de Paula

Resumo


A compreensão do papel do Estado no período varguista (1930-1945) no que tange ao controle dos sindicatos revolucionários e ao surgimento de sindicatos oficiais atrelados ao projeto corporativista de poder.Em que pese à presença de inúmeros trabalhos sobre esse período específico, ainda é incipiente aqueles que se utilizam de uma metodologia de análise geográfica capaz de demonstrar a base territorial dos sindicatos como uma importante estratégia de combate ao capital e ao Estado.Esse modelo sindical gestado de forma autoritária ainda é muito presente no país e determina uma ação territorial fragmentada dessas entidades, dificultando o surgimento de grandes movimentos de paralisação, como greves gerais.

Texto completo:

PDF


A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

ISSN: 1676-3025