DAS POLÍTICAS HABITACIONAIS AO DIREITO À CIDADE: REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO CONTRADITÓRIA DA CIDADE DE VITORIA DA CONQUISTA/BA

Rita de Cássia Ribeiro Lopes, Suzane Tosta Souza

Resumo


Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar a produção do espaço da cidade de Vitória da Conquista/BA tendo como foco central a compreensão das políticas públicas de habitação popular e suas intervenções no espaço urbano. Compreende a cidade como produto histórico resultado das relações sociais existentes como condição básica para reprodução dos sujeitos, e se ancora na teoria Lefebviana, particularmente no conceito de Direito à cidade, considerando a questão da moradia para além do direito de habitar. Assim, buscou-se compreender a relação entre teoria e prática, para o entendimento da realidade geográfica, partindo do empírico das políticas públicas habitacionais no município de Vitória da Conquista/BA. Trata-se de uma pesquisa que busca contribuir com os debates da Geografia Urbana e compreende o espaço na perspectiva da reprodução dos sujeitos sociais que o produzem, mas, contraditoriamente, desses, muitas vezes, não se apropriam.

 

Palavras Chave: Produção do Espaço, Políticas habitacionais, Direito à cidade.


Texto completo:

PDF


A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025