NOVO CICLO NEOLIBERAL NO BRASIL: DESMONTANDO AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A AGRICULTURA CAMPONESA

Adriano Makux De Paula, Jorge Ramón Montenegro Gómez, Caroline Aparecida Marchioro Tracz

Resumo


O presente artigo tem o objetivo de discutir o panorama atual do Estado brasileiro e os reflexos nas três principais políticas para a agricultura camponesa: O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF). A análise, parte dos resultados obtidos durante pesquisa do mestrado, defendida no ano de 2015 e das atuais mudanças no cenário político e econômico acontecidas no ano de 2016. Para tanto, foram realizadas pesquisas bibliográficas, entrevistas, pesquisa de campo e análise documentária, além de pesquisas em fontes como jornais e revistas. Nota-se que as políticas que já estavam precarizadas e permeadas de contradições durante o primeiro governo da presidenta Dilma Rousseff, se intensificaram no início do segundo e agora, estão sofrendo grandes ameaças em razão dos cortes no orçamento e da extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A tese defendida pelos governos do Partido dos Trabalhadores (PT) que vivíamos um ciclo neodesenvolvimentista, não se consolidou totalmente. Hoje, está claro que com o golpe institucionalizado houve uma grande escalada dos pensamentos neoliberais com cortes em direitos e programas sociais, anúncios de privatizações e redução dos programas para a agricultura camponesa. Um retrocesso perigoso das conquistas sociais garantidas nesses últimos trezes anos, que impacta diretamente o campo. 



Texto completo:

PDF


A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

e-Revistas - http://www.erevistas.csic.es/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

ISSN: 1676-3025