EXPANSÃO CANAVIEIRA E A ESTRUTURA AGRÁRIA NO ESTADO DE SÃO PAULO (BRASIL) NO PERÍODO DE 1975 A 2006

José Giacomo Baccarin, Rafaela Lourençano Pereira

Resumo


Estudou-se como a expansão da lavoura canavieira no estado de São Paulo, de 1975 a 2006, influenciou em sua estrutura agrária, a partir de dados do Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A expansão canavieira veio acompanhada do aumento da concentração da posse da terra e da importância de estabelecimentos acima de 1.000 hectares. Nestes, em que se localizavam 65% da área com cana, em 2006, 95% das pessoas ocupadas eram assalariados. Já nos estabelecimentos abaixo de 50 hectares predominava a força de trabalho familiar. Entre 1996 e 2006, caiu o número de pessoas ocupadas na agricultura de São Paulo. A definição de estabelecimento agropecuário do Censo subestima a concentração da posse da terra nas regiões canavieiras. Mais administradores são responsáveis pela gestão dos estabelecimentos e os arrendatários e parceiros aumentaram muito a área média sob seu controle.

Texto completo:

PDF


A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

e-Revistas - http://www.erevistas.csic.es/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

ISSN: 1676-3025