PRECARIEDADE LABORAL NA COLETA DE LIXO DOMICILIAR URBANO EM PRESIDENTE PRUDENTE/SP: RISCOS E AGRAVOS À SAÚDE DOS TRABALHADORES

João Vitor Ramos da Silva

Resumo


O artigo busca apresentar a realidade laboral precária à qual se submetem os coletores de lixo domiciliar urbano da cidade de Presidente Prudente/SP, dando maior ênfase aos riscos e agravos à saúde dos trabalhadores envolvidos nesse mundo do trabalho situado “atrás das lixeiras” da sociedade. A metodologia empregada na pesquisa pautou-se no imbricamento entre dados secundários (estatísticas, documentos etc.) e informações primárias (entrevistas com os coletores da cidade em questão). Foram realizadas 13 entrevistas semiestruturadas com os trabalhadores da coleta, todas gravadas e transcritas integralmente. A partir dessas informações, é possível estabelecer uma clara conexão entre o trabalho na coleta de lixo e os acidentes/agravos sofridos pelos trabalhadores desse setor.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v17i1.4322

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025