PROSTITUIÇÃO DE LUXO: GÊNERO, TRABALHO E SOCIABILIDADE NA CIDADE DE BELÉM

Luana Broni de Araújo, Maria Ceci Leal Bandeira, Tiago Luís Coelho Vaz Silva

Resumo


O estudo pretende compreender o fenômeno prostituição sobre uma perspectiva diferente: a prostituição de luxo. Neste segmento da prostituição, as pessoas ingressam por vontade própria e afirmam que vendem sexo porque gostam, sendo o prazer de trabalhar com sexo construído através de três eixos simbólicos: sexualidade, sociabilidade e consumo. A prostituição de luxo é desempenhada por mulheres e homens; heterossexuais, homossexuais, bissexuais, transgêneros, dentre outros. O objetivo desta pesquisa é realizar o mapeamento da prostituição de luxo em Belém, compreendendo a sexualidade e o gênero nos processos de construção da subjetividade dos atores sociais envolvidos, bem como os estigmas que resultam da escolha da prostituição como atividade profissional e estilo de vida. Analisamos o profissional do sexo não apenas pela atividade que desempenha, mas entendendo-o na sua dimensão profissional, social e pessoal.

Palavras-Chaves: Prostituição de Luxo. Gênero. Sexualidade. Trabalho. Sociabilidade. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v16i2.3933

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025