DEGRADAÇÃO E SUBORDINAÇÃO DO TRABALHO NA FUMICULTURA: O CASO DA COMUNIDADE TORRES CANAVIAL EM IVAÍ-PR

Daiane Kielt Ribeiro, Fernanda Keiko Ikuta

Resumo


Em um contexto de promessas e inovação da agricultura, os produtores passaram a substituir a sua prática agrícola de subsistência pelo tabaco. Uma forma de produção que está repleta de contradições, onde os produtores são amarrados em um sistema de integração perdendo sua autonomia.  As empresas que fazem parte da integração se isentam de qualquer responsabilidade pelos problemas (de saúde, trabalhista, ambientais) que provocam. Esta pesquisa pretende refletir criticamente sobre as relações que a empresa estabelece, as condições de trabalho e os riscos de saúde.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v16i0.3528

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025