O (NÃO TÃO BRANCO) MUNDO DO TRABALHO DO SETOR CELULÓSICO-PAPELEIRO: METAMORFOSES INDUSTRIAIS EM TRÊS LAGOAS-MS

Julio Cézar Ribeiro

Resumo


A condensação industrial em Três Lagoas tem mudado a geografia da região, atraindo uma grande massa de trabalhadores volantes. Inicia-se uma nova re-hierarquização funcional, nucleada especialmente pelo setor de celulose-papel, capitaneada pela Fibria e Eldorado que, juntas, desbancando a pecuária, emplacarão a maior mancha territorial contínua de floresta plantada, próxima da unidade de processamento industrial. O transe segue, destarte, pela vereda ambiental e atinge o mundo do trabalho. Apesar de temporária, a massa de trabalhadores migrantes chama a atenção dos sindicatos, que além de digladiarem com as empresas pela melhora do nível de vida e das condições de trabalho dos afiliados, rivalizam cada vez mais entre si, de forma a disputar notoriedade e dividendos. Intimidações e relatos de atentados ganham as páginas policiais. O gerenciamento do Estado aos projetos do grande capital e a sua ingerência nas áreas trabalhista e ambiental pode agudizar uma situação já tensa e caótica.

 

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v13i2.2024

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025