TRABALHO E EMERGÊNCIA TEÓRICO-PRÁTICA DA REFORMA AGRÁRIA COMO INSTRUMENTO DE LUTA DOS TRABALHADORES NO BRASIL

Antonio Thomaz Junior

Resumo


Mobilizado essencialmente pelas disputas intercorporativas e afeito a “leitura” fetichizada do território sob o angulo de visão do capital, o trabalho se encontra distanciado da compreensão dos mecanismos de dominação, restrito ao regramento jurídico-político da delimitação dessa ou daquela categoria/corporação em consonância ao território delimitado pelo Estado, se nesse ou naquele município, a unicidade sindical. Então, na maioria dos casos, o trabalho não esta referenciado aos interesses de classe, das lutas empreendidas pelos movimentos sociais que recobrem os desígnios da classe trabalhadora, tais como projeto de desenvolvimento, reforma agrária.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v10i2.1696

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025