EDUCAÇÃO E TRABALHO NA FORMAÇÃO TERRITORIAL DOS ASSENTAMENTOS RURAIS DE REFORMA AGRÁRIA: REFLEXÕES INICIAIS

Alexandre Peixoto Faria Nogueira, María Franco García

Resumo


A escola é parte fundamental do processo de formação cultural, político e social dos sujeitos que a integram, portanto, é um elemento importante na análise da formação territorial dos assentamentos rurais de Reforma Agrária e Luta pela Terra. Esta constatação nos coloca ante a necessidade de aprender como esta instituição participa da formação territorial de tais espaços, particularmente nos assentamentos da região da Mata paraibana, recorte territorial da nossa pesquisa de mestrado. Além do mais, buscamos compreender a relação entre o trabalho e a educação nestes espaços, como vínculo determinante para a formulação de propostas educativas, o que implica recuperar a discussão entre educação e desenvolvimento social, tema historicamente presente no contexto das discussões sobre a função social e política da educação e da escola.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v10i1.1673

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025