A TERRITORIALIDADE DOS MOVIMENTOS SOCIAIS QUE LUTAM POR TERRA E REFORMA AGRÁRIA NO PONTAL DO PARANAPANEMA

Edvaldo Carlos de Lima

Resumo


Para apreendermos a mobilização da classe trabalhadora no campo, no âmbito da luta eresistência na terra no Brasil, é preciso refletir, entre outros, sobre dois fenômenos: o latifúndio e osmovimentos sociais rurais, sendo o primeiro a base propulsora do segundo. Especificamente nestetexto, apontamos um diagnóstico das dissensões (discrepâncias) e dissidências (separações pordivergências políticas) dos Movimentos Sociais que Lutam pela Terra e pela Reforma Agrária(MSLTRA) na região do Pontal do Paranapanema, com especial atenção aos seus desdobramentosterritoriais.

Texto completo:

PDF


A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025