A RELAÇÃO CAPITAL X TRABALHO NAS CARVOARIAS DE MATO GROSSO DO SUL

Altamira Pereira

Resumo


As relações de trabalho desenvolvidas nas carvoarias de Mato Grosso do Sul, para aprodução do carvão vegetal, expressam as contradições que fazem parte do processo de reproduçãodo capital, quando sintetizam as combinações entre o arcaico e o moderno, além das formas deocupação do espaço na formação de territórios. Essas práticas produtivas e contraditórias impostaspelo capital fazem parte das transformações ocasionadas pela reestruturação produtiva no mundo dotrabalho e que são responsáveis pela degradação social de milhares de trabalhadores não somentenas carvoarias, mas também em outras atividades, expressando a captura da subjetividade destestrabalhadores, sendo que mescla a dicotomia criada pelo próprio capital entre o atraso e o moderno.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v6i1.1292

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025