ANÁLISE DO DESMATAMENTO NA BACIA DO RIO DE ONDAS NO PERÍODO DE 1984 a 2014, OESTE DA BAHIA

Raquel de Souza Almeida, Marcelo de Oliveira Latuf, Pablo Santana Santos

Resumo


O processo de modificação da cobertura vegetal e do uso do solo na bacia de rio de Ondas a partir da década de 1980, ocorreu de forma expressiva devido à expansão do agronegócio e condicionado na exploração intensa dos recursos naturais. Este trabalho objetiva analisar o avanço do desmatamento nesta bacia no período de 1984 a 2014. Neste sentido, tornou-se fundamental a utilização da tecnologia de sensoriamento remoto orbital, pois esta configura-se eficiente para o monitoramento de grandes extensões da superfície terrestre. Para tanto, utilizou-se imagens dos satélites Landsat 5 e 8, bem como técnicas de geoprocessamento para o mapeamento do uso e cobertura do solo na bacia, o qual permitiu quantificar e qualificar o quanto a vegetação natural do Cerrado foi desmatada para a expansão da agropecuária e urbanização. Com uma interpretação acerca das mudanças detectadas em uma escala têmporo-espacial foi possível identificar a dinâmica espacial do desmatamento acumulado na bacia.

Palavras-chave


Cerrado; Dinâmica temporal; Sensoriamento Remoto; Uso da terra

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente