Análise biogeográfica do Parque Municipal do Goiabal em Ituiutaba-MG

Rildo Aparecido Costa

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo principal realizar uma análise biogeográfica do Parque Municipal do Goiabal localizado na porção sul da área urbana da cidade de Ituiutaba (MG). Para tanto, utilizou-se como aporte teórico-metodológico os estudos de fitossociologia e suas relações fitogeográficas, aplicando a metodologia desenvolvida por Bertrand (1966) da pirâmide de vegetação, além de buscar compreender, de forma geossistêmica as condições ambientais atuais. Através desse estudo foi possível concluir que há uma grande diferença na composição florística e estrutural dos estratos no ponto de estudo. Ademais, há graves problemas ambientais, como a presença de espécies invasoras exóticas, principalmente nas bordas do Parque onde há o contato com a área urbana e erosões (voçorocas) desenvolvidas no seu interior, fruto do escoamento superficial desviados dos bairros próximos para o interior desse Parque e por causa de fatores naturais como os fluxos de piping.

Palavras-chave


Biogeografia; geossistemas; fitossociologia.

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.