Análise da Paisagem da Praça Pública dos Imigrantes do Jardim das Rosas - Presidente Prudente – SP.

Pablo Muryllo de Oliveira

Resumo


A paisagem urbana é a forma mais imediatamente próxima da percepção, ou seja, é nela que se pode constatar/ver, sobretudo por sua forma, os desdobramentos das ações e interações de grupos sociais que em diferentes tempos produziram e (re)produzem o espaço urbano. Alicerçamos nosso entendimento de paisagem urbana reforçado pela perspectiva de que essa é apenas uma pequena parte do complexo mosaico urbano. E a cidade é percebida enquanto unidade totalizante e que agrega diversos fragmentos de conteúdos materiais e imateriais que embora se diferenciem estão fortemente articulados e relacionados entre si, tornando-a mais carregada de significados. 

Como o recorte é essencialmente a paisagem, sua análise se dará através de elementos materiais, através dos quais objetivamos compreender como esse espaço foi se transformando ao longo do tempo, ou seja, traçar as permanências e mudanças da área, de modo a cruzar com as informações obtidas com a empiria, juntamente com as referências conceituais tomadas durante as aulas que nos permitirão apontar quais as transformações e as continuidades percebidas e presentes na área estudada.

O local escolhido para desenvolver o trabalho foi a Praça pública dos Imigrantes localizada na cidade de Presidente Prudente, por ser um local de fácil acesso e estar presente em nosso cotidiano e/ou de pessoas próximas. Esperamos apreender dessa estrutura paisagística, a partir de seus elementos, como se deu as transformações ou quais foram às transformações e a apropriação desse lugar pelos indivíduos e sua influência ou não nos usos cotidianos.


Texto completo:

PDF


Acesse nossas mídias sociais: Facebook Revista Tópos

Confira o template da revista em: Template Revista Tópos