A MAIORIDADE DO GRUPO DE PESQUISAS “O Conteúdo Paleoetnográfico da Décima Região-SP”: Um Relato

Ruth KÜNZLI

Resumo


 O presente relato pretende demonstrar a produtividade do Grupo de Pesquisa “O Conteúdo Paleoetnográfico da Décima Região-SP, que completa neste ano 21 anos de atividades e hoje envolve pesquisa e extensão, além da docência realizada pelos componentes do Grupo. É difícil avaliar se a pesquisa predomina sobre a extensão ou vice versa, pois os Projetos de Pesquisa são amplos e requerem muito fôlego, sobretudo em sua parte de campo, mas não menos extensiva em sua parte de laboratório. As aproximadamente 100.000 peças hoje sob guarda do CEMAARQ (Centro de Museologia, Antropologia e Arqueologia)/UNESP, Campus de Presidente Prudente, vem permitindo a realização de vários trabalhos e permitem antever ainda muitos outros, seja quanto à interpretação de peças, seja de análises de sítios ou comparativa intersítios ou mesmo inter-regiões. Quanto às atividades de extensão, os 14.000 visitantes anuais atestam o quanto esta vertente vem sendo utilizada pela comunidade. Temos recebido visitas não só de Presidente Prudente e região, mas também de Assis, Marília e Adamantina, atuando, portanto, em escala regional. Palavras-Chave: Arqueologia, Extensão, Pesquisas.

 

Abstract The actual paper pretends to show the productivity of the Research Group “O Conteúdo Paleoetnográfico da Décima Região-SP”, who completes this year 21 years of activities e today envolve research and extension, further the professorhood realized by the components of the Group. It is difficult to evaluate if the research prevail over the extension or conversely, as the Research Projects are extensive and requires courage, overall in the fieldwork, but no lesser at the laboratory. The approximately 100.000 pieces today under gard of the CEMAARQ ( Centro de Museologia, Antropologia e Arqueologia), UNESP/ Campus of Presidente Prudente, allows to foresee many works, or of interpretation of the pieces, or analysis of sites, or comparatively intersites or even inter-regions. Speaking of the extension, the 14.000 visitors annually attest the much this vertent is being utilized by the community. We receive visits not only of Presidente Prudente and region, but even of Assis, Marilia and Adamantina, acting, thus, in a regional scale.  Key-words: Archaeology, Extension, Researches.

Texto completo:

PDF