A CONFUSÃO DAS ESFERAS DO PÚBLICO E DO PRIVADO E O NECESSÁRIO RESGATE DA EUDAIMONIA ARISTOTÉLICA NA ADMINISTRAÇÃO DA “COISA DO POVO”

Fernando de Oliveira AMORIM

Resumo


As relações entre as esferas pública e privada marcam a sociedade atual. O campo de atuação de uma esfera confunde-se com o campo da outra esfera. Depara-se com fenômenos de privatização do público e publicização do privado. Em suma, ocorre uma troca confusa dos papéis a serem desempenhados; troca esta que pode descaracterizar ambas as esferas e destituí-las de sua essência. Diante disso, propõe-se resgatar a gênese da esfera pública e privada mediante o pensamento de Hannah Arendt e a contribuição de Aristóteles acerca da disposição final do caráter público em sociedade, ou seja, a felicidade aristotélica – eudaimonia.Palavras chave: público e privado; política do sujeito; eudaimonia.

ABSTRACT
The relations between the public and private spheres mark the current society. The field of performance of a sphere merges with the field of the other sphere. One comes across with the phenomena of privatization of the public and the publicizing of the private. In short, a confused exchange of roles occurs; such exchange can deprive characteristics of both spheres and dismiss them of their essence. Besides this, it is proposed to rescue theorigin of public and private spheres by means of Hannah Arendt thought and the contribution of Aristotle about the final disposal of the public character in society, that is to say, the Aristotelian happiness – “eudaimonia”.Keywords: public and private; politics of the citizen; eudaimonia.

Texto completo:

PDF