INTERVENÇÕES EM CENTROS URBANOS NO PERÍODO DA GLOBALIZAÇÃO

Everaldo Batista Costa

Resumo


Difunde-se, globalmente, que a denominada requalificação urbana deve agregar projetos que devolvam ou proponham qualidade ao ambiente físico e social dos espaços construídos, baseados na compreensão da relação entre processos de produção social do território e sua realidade como lugar da vida e de memória. Diante desse enunciado, o presente ensaio problematiza a relação causal entre os processos de intervenção em áreas especiais de cidades e os produtos dessas operações, em uma perspectiva teórica atrelada a um enfoque objetivo de casos internacionais e nacionais. Os temas da estetização urbana e do planejamento de cidades dirigem-nos para o que tratamos como dialética da memória, entendida como o produto da intervenção parcial em áreas especiais de cidades, no período mais avançado da globalização.

Palavras-chave


Planejamento urbano; Dialética da memória

Texto completo:

PDF


CIDADES - Revista Científica