FRAGMENTAÇÃO/ALIENAÇÃO DO TRABALHO: EM QUESTÃO OS MOMENTOS (DES)ARTICULADOS DA PRODUÇÃO E DA REPRODUÇÃO

Fernanda Keiko Ikuta

Resumo


O presente artigo busca apresentar alguns apontamentos sobre a fragmentação dos momentossociais da produção e da reprodução a partir da reflexão da práxis das Associações de Moradores edos Sindicatos dos Trabalhadores de Presidente Prudente. A questão da moradia e o mundo dotrabalho se imbricam metodologicamente e são pensadas no contexto das metamorfoses hodiernaspara manutenção do status quo do controle social do capital.

Palavras-chave


dicotomia viver (morar) - trabalhar; esfera da produção; esfera da reprodução; fragmentação da práxis social; associações de moradores; sindicatos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v3i1.806

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025