MOBILIDADE DA FORÇA DE TRABALHO E PRODUÇÃO DO ESPAÇO: O COMPLEXO INDUSTRIAL E PORTUÁRIO DO PECÉM NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA

Glauciana Alves Teles

Resumo


Este artigo tem como objetivo compreender a produção do espaço metropolitano cearense no contexto da reestruturação produtiva, tendo como norte de análise a mobilidade da força de trabalho. Como objeto de estudo, elegeu-se o Complexo Industrial e Portuário do Pecém - CIPP, localizado na porção oeste da Região Metropolitana de Fortaleza, em um período mais recente de sua implantação. Para consecução desta pesquisa, mais especificamente, para este artigo, utilizou-se uma base de dados secundários tendo como principal fonte os dados do Instituto de Pesquisa e Estratégias Econômicas do Ceará – IPECE e dados cedidos pelas empresas pesquisadas. Além disso, contou-se, também, com as informações obtidas nos trabalhos de campo (visitas às empresas, alojamentos de trabalhadores, instalações portuárias, dentre outros) que foram fundamentais para esta análise, considerando que o conhecimento empírico e sua apreensão de forma sistematizada contribuíram significativamente para a compreensão dos fenômenos em curso.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v15i2.2951

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025