O SEMI-ÁRIDO BAIANO E O AGRONEGÓCIO DOS “BIOCOMBUSTÍVEIS”: PROBLEMATIZANDO A REGIÃO DE IRECÊ-BA (PRIMEIRAS APROXIMAÇÕES)

Cláudio Félix de Santos, Jorge Ney Valois Rio Filho, Gutierres Barbosa Gaspar de Sousa

Resumo


O Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) seguindo a orientação do movimento do capital para a implantação de áreas de produção agrícolas para o cultivo das matérias-primas para os agrocombustíveis, busca incentivar a produção destes combustíveis no Brasil. Uma das áreas com potencial de crescimento é o semi-árido e no seu interior a Região de Irecê que caminha para a ampliação do cultivo da Mamona e Peão Manso para a produção de combustíveis. A região de Irecê, conhecida na década de 1980 como “a terra do feijão”, tem enfrentado, desde meados da década de 1990 uma grave crise. Este texto tem por objetivo levantar elementos para o debate acerca do projeto de implantação da política governamental de produção do “biodiesel” como alternativa central para o problema da agricultura camponesa na região de Irecê-BA. Registre-se que este estudo está em sua fase inicial.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v9i2.1662

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025