A REVALORIZAÇÃO ECONÔMICA DO OESTE BAIANO A PARTIR DA EXPANSÃO DA AGRICULTURA MODERNA E O SURGIMENTO DE UM NOVO TERRITÓRIO: O MUNICÍPIO DE LUÍS EDUARDO MAGALHÃES – BA

Antonio Muniz dos Santos Filho, Jorge Ney Valois Rios Filho

Resumo


Neste artigo, analisamos o processo de expansão da agricultura moderna nos cerrados baianos, destacando as estratégias de diversos agentes hegemônicos, principalmente o governo em suas três esferas (federal, estadual e municipal). O objetivo foi de demonstrar como a modificação do modo de produção, através da substituição da agricultura de subsistência pelo agronegócio, causou e vem causando impactos acentuados na configuração territorial da Região Oeste da Bahia. Concluímos que as estratégias de planejamento do governo em suas três instâncias atendiam a uma concepção de desenvolvimento economicista, obtendo êxito no que diz respeito ao aumento do desempenho econômico da região. No entanto, tem ocasionado uma gritante desigualdade socioeconômica entre os indivíduos que compõem aquele território.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33026/peg.v9i2.1661

A Pegada está indexada em:

LATINDEX - http://www.latindex.unam.mx/

Sumarios.org - http://sumarios.org/

Scientific Indexing Services (SIS) - http://sindexs.org/

GEODADOS - http://geodados.pg.utfpr.edu.br/

Capes Periódicos - http://www.periodicos.capes.gov.br/

Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB) - https://www.redib.org/

Directory of Open Acess Journals (DOAJ) - http://doaj.org/

EBSCO - https://www.ebsco.com/

ISSN: 1676-3025