TERRITORIALIDADE E SUSTENTABILIDADE: DESAFIOS PARA AS COMUNIDADES KAIOWÁ E GUARANI EM MATO GROSSO DO SUL/Territoriality and sustainability: challenges for the Kaiowa and Guarani communities in Mato Grosso do Sul, Brazil

Rosa Sebastiana Colman, Levi Marques Pereira

Resumo


O presente artigo discute os desafios enfrentados pelas comunidades kaiowá e guarani em relação à garantia de seus territórios de ocupação tradicional e o esforço por elas realizado para assegurar suas formas de sustentabilidade. A vulnerabilidade dessas comunidades aprofundou-se com a política implementada pelo governo brasileiro, com o confinamento compulsivo de dezenas de comunidades em minúsculas reservas, onde foram submetidas a políticas assimilacionistas ao longo do século XX. Vivendo atualmente em pequenas áreas superpovoadas e com recursos escassos, a população enfrenta o desafio cotidiano de prover suas necessidades básicas e de seguir reproduzindo suas formas de expressão cultural – ava reko. A abordagem transita entre os enfoques geográfico, histórico e o antropológico, para realizar uma crítica das políticas públicas implementadas junto às comunidades, o que resulta na persistência de impasses territoriais e ambientais. Procuramos também identificar algumas estratégias de luta desenvolvidas pelas comunidades como forma de buscar o cumprimento de direitos assegurados em lei e a continuidade das práticas sociais associadas ao bom viver – teko katu.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada