TERRAS SEM HOMENS DE BEM PARA HOMENS DE BEM SEM TERRA/“Good Citizens without land move to a land without good citizens”

Marco Antonio Delfino Almeida

Resumo


O presente artigo busca refletir sobre a implementação, no oeste brasileiro, de um colonialismo de povoamento com o exame das consequências de sua efetivação. O colonialismo de povoamento é caracterizado pela apropriação violenta do território de povos indígenas.  A eliminação do “nativo” ocorre por intermédio da remoção forçada, assassinatos e denegação étnica. Este processo não decorre da raça, ou religião, grau de civilização, mas, simplesmente, como condição para acesso ao território. Para impedir a marcha da civilização, basta aos povos originários permanecerem onde sempre estiveram.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada