TEKOHA ÑEROPU’Ã: ALDEIA QUE SE LEVANTA/Tekoha Ñeropu’ã: indian village that gets up

Eliel Benites

Resumo


A existência do povo indígena Guarani Kaiowá tem na palavra yvyrasáva (os viajantes da terra; yvy, terra) o meio da realização da grande viagem da existência. Este texto tem como objetivo refletir, a partir do diálogo com os moradores e líderes tradicionais nas retomadas territoriais do entorno da Reserva Te’yikue (Caarapó – Mato Grosso do Sul – Brasil), os elementos fundantes que contribuem para a recomposição do tekoha (aldeia). O texto é parte de uma pesquisa de doutorado que está sendo realizada, desde 2018, no Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFGD (PPGG/FCH/UFGD). Procuramos trazer ao debate a visão indígena sobre o mundo e as forças propulsoras da sua mobilidade espacial, ao mesmo tempo em que os seus limites, quando se encontram com outros modos de ser, são atravessados pelas estratégias teórico-políticas a fim de demostrar a resistência Guarani Kaiowá ao modelo homogeneizante do ser. Essa resistência está na persistência em viver no modo de ser tradicional, sentido e vivido pela relação com as divindades através do tekoha.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada