MULTIDIMENSIONALIDADE, MULTITERRITORIALIDADE E MULTIESCALARIDADE DA QUESTÃO AGRÁRIA NO SUL GLOBAL/ Multidimensionality, multiterritoriality and multiscalarity, of the agrarian question in the Global South/ Multidimensionalidad, multiterritorialidad y multiescalaridad de la cuestión agraria en el Sur Global

Lorena Iza Pereira, Camila Ferracini Origuéla, Estevan Leopoldo de Freitas Coca

Resumo


A questão agrária não é recente, a mesma é realidade desde o processo acumulação primitiva descrito por Marx (1970 [1867]). Contudo, no século XXI, devido a processos como a convergência de múltiplas crises, a globalização neoliberal e as mudanças geopolíticas globais, o problema agrário assume novas características. O capital, para garantir sua acumulação interminável, necessita de ajustes espaciais e temporais e neste sentido os espaços agrários do Sul Global têm sido profundamente incorporados pelas dinâmicas expansivas do capital. Este processo é materializado por meio de distintas estratégias, cada vez mais sofisticadas e violentas, ao mesmo tempo em que resulta em diferentes formas de resistências desde abaixo. Neste sentido, a atual questão agrária no Sul Global envolve uma diversidade de territorialidades, dimensões e escalas.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada