EDUCAÇÃO DO CAMPO: O EGRESSO DA PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA NO NOROESTE DO RS/Field Education: the egress from the Pedagogy of Alternation in the Northwest of RS

Angelita Zimmermann, Ane Carine Meurer

Resumo


As Casas Familiares Rurais e a Pedagogia da Alternância surgiram na França, em 1935, e se expandiram mundialmente ao comungarem uma formação que articula educação e trabalho.O propósito do texto será apresentar uma análise preliminar acercado egresso, compreendendo as transformações percebidas na produção da vida dos alternantes da Escola de Ensino Médio Casa Familiar Rural Três Vendas - EEMCFRTV - Catuípe, noroeste do Rio Grande do Sul. Este artigo é fruto da pesquisa de doutorado em Geografia, em andamento desde 2016, a qual, numa abordagem qualitativa, além do aporte teórico e documental, se instrumentalizará em entrevistas, vivências e observações, na escola e nas moradias dos entrevistados. Espera-se, a partir da compreensão das contradições da questão agrária brasileira e do processo formativo EEMCFRTV,a ampliação de conhecimentos sobre a complexa relação entre formação e permanência do jovem no campo, inseridas na luta de classes e no “mundo do trabalho” deste período histórico, em decorrência do agronegócio.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada