QUESTÕES RURAIS E CAMPESINATO: UMA ENTREVISTA COM TEODOR SHANIN

Vicente Eudes Lemos Alves, Débora Assumpção e Lima

Resumo


Entre os dias 13 a 16 de outubro de 2017, ocorreu a conferência "New Extractivism Peasantries and Social Dynamics: Critical Perspectives and Debates", em Moscow, Rússia. A conferência, organizada anualmente pelo  BRICS Initiative in Critical Agrarian Studies, reuniu especialistas dos cinco continentes para debater criticamente as problemáticas agrárias sob o prisma da Economia Política Agrária, Geografia, Sociologia e Agroecologia. Após a conferência e a realização de um trabalho de campo, conversamos com o professor Teodor Shanin sobre sua trajetória acadêmica, o pensamento agrário russo, desafios e possibilidades de compreender a atualidade. O professor Teodor Shanin, presidente da Escola de Ciências Sociais e Econômicas de Moscou, é um conceituado sociólogo cujo compromisso de longa data com o estudo das sociedades camponesas consolidou sua prolífica carreira acadêmica, na qual escreveu mais de 100 publicações e livros importantes, como “Peasants and Peasant Societies” e “Marx Tardio e a Via Russa – Marx e as Periferias do Capitalismo”.


Palavras-chave


campesinato, Rússia, rural, pensamento agrário

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada