RESISTÊNCIAS DO MST FRENTE AO AVANÇO DO PROCESSO DE ESTRANGEIRIZAÇÃO DE TERRAS POR MEIO DA LDC EM RIO BRILHANTE (MS)/ Resistances of the MST against the advance of the process of land grabbing through the LDC in Rio Brilhante (MS)/ Resistencia del MST con el avance del proceso de extranjerización de la tierra a través de la LDC en Rio Brilhante (MS)

Lara Dalperio Buscioli

Resumo


O conceito de estrangeirização de terras vem sendo debatido a partir de diferentes perceptivas e neste artigo estamos considerando a compra e/ou arrendamentos de terras por empresas/grupos estrangeiros acirrando os conflitos nos território. No Brasil temos a presença do grupo francês Louis Dreyfus Commodities (LDC) que tem produzido diversas commodities, com destaque para a produção de cana-de-açúcar no Mato Grosso do Sul (MS). No município de Rio Brilhante (MS) temos a presença de duas unidades produtoras que tem impactado na vida dos camponeses assentados por meio da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Diante disso, o presente trabalho visa analisar as formas de resistência do MST frente à ação da LDC no município. Para suprirmos estes objetivos, realizamos pesquisas bibliográficas e entrevistas nos assentamentos do MST em Rio Brilhante.

Palavras-chave


Louis Dreyfus Commodities, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Resistências, Assentamentos Rurais

Texto completo:

PDF


 

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 


                          
Gale
                       
ExLibris header image


APOIO

IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada