OS DESAFIOS DA REPRODUÇÃO CAMPONESA FRENTE À EXPANSÃO DOS AGROCOMBUSTÍVEIS, O ASSENTAMENTO MONTE ALEGRE: ARARAQUARA-SP (The challenges of peasant reproduction against the expansion of agrofuels, the Monte Alegre settlement: Araraquara-SP)

Julia Marques Bellacosa

Resumo


O atual estágio de desenvolvimento do capitalismo, marcado por intensas mudanças desencadeadas pelo processo de mundialização do capital, traz fortes consequências para as populações camponesas. Inserido nesse contexto está o avanço dos agrocombustíveis em terras de reforma agrária, através de mecanismos de subordinação da produção camponesa aos complexos agroenergéticos. O crescimento significativo de cultivos para geração de energia ocorre no momento em que os agrocombustíveis são apontados como solução para o futuro do planeta. Dessa forma, o avanço do agronegócio no campo sob o viés dos agrocombustíveis, impõe novos desafios para repensar o campesinato brasileiro. No intuito de refletir sobre essa e outras questões, o artigo ora apresentado constrói uma análise sobre a reprodução do campesinato brasileiro frente à expansão dos agrocombustíveis, tanto cana-de-açúcar, quanto oleaginosas para a produção de biodiesel, sob a perspectiva de um fragmento - o assentamento rural Monte Alegre, localizado na região conhecida como "Califórnia Brasileira", uma área de agricultura modernizada, praticamente monopolizada pelas culturas de cana-de-açúcar e laranja.


Palavras-chave


agrocombustíveis, campesinato, assentamento Monte Alegre, internacionalização do capital, renda da terra.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS 
 
          

 Resultado de imagem para gale a cengage company          

 

Resultado de imagem para redibResultado de imagem para DOAJ logo

                         

ExLibris header image




IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada