A GEOGRAFIA “FÍSICA” NO ENSINO FUNDAMENTAL: UM RELATO SOBRE A IMPORTÂNCIA DOS CONTEÚDOS E DAS ATIVIDADES PRÁTICAS NA FORMAÇÃO DO ALUNO

Leda Correia Pedro

Resumo


Este artigo tem como discussão central, abordar a importância de alguns conteúdos geográficos trabalhados de forma articulada com atividades práticas e trabalho de campo no ensino fundamental. Para tanto, foi elaborado uma seqüência didática (com alguns conteúdos geográficos que contemplou determinados processos naturais), nos quais fizeram parte instrumentos lúdicos e um trabalho de campo. Todos possuem a função de auxiliar a prática docente, além de despertar a curiosidade dos alunos. Assim, pôde-se chegar à conclusão que o tripé, seqüência didática, instrumentos lúdico-pedagógicos e o trabalho de campo, são muito importantes para o efetivo processo de ensino e aprendizagem no ensino fundamental. É nesta articulação, que o professor passa a ter um papel importante na formação do aluno, pois este tipo de seqüência didática pode contribuir de maneira efetiva, na forma como o aluno percebe o seu cotidiano, sendo capaz de observar os processos naturais que fazem parte do seu dia-a-dia.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.35416/geoatos.v1i11.416

Direitos autorais

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: geoatos.editorial@gmail.com

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

  

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

  BASE LogoResultado de imagem para PERIÓDICOS CAPESResultado de imagem para sumarios.orgThumbnailResultado de imagem para redib

 
 Resultado de imagem para DRJI                                                    Resultado de imagem para MIAR INDEXADORResultado de imagem para latindexResultado de imagem para google scholar Resultado de imagem para J4F INDEXADOR