ESTRATÉGIAS PARA A PERMANÊNCIA NO CAMPO: UM ESTUDO SOBRE OS PEQUENOS PROPRIETÁRIOS RURAIS DE DRACENA (SP)

Leandro Reginaldo Maximino Lelis, Rosangela Aparecida Medeiros Hespanhol

Resumo


O município de Dracena sempre foi dependente da cultura cafeeira. Isso porque tanto sua formação socioespacial como seu crescimento econômico foram proporcionados pela expansão da atividade cafeeira para o oeste do Estado de São Paulo. No entanto, essa situação foi alterada a partir da década de 1980. Nessa década, a crise do café abalou profundamente a economia do município estudado. Nesse contexto, este trabalho tem como objetivo analisar as principais estratégias econômicas utilizadas pelos pequenos proprietários rurais do município de Dracena para permanecerem no campo. Atualmente, existem várias fontes de renda que contribuem para que os pequenos proprietários rurais permaneçam no campo, dentre as quais se destacam: comercialização dos produtos, aposentadoria, políticas públicas e o trabalho na cidade. Dessa forma, essas combinações de diferentes fontes de renda se configuram como estratégias econômicas que buscam viabilizar a permanência dos pequenos proprietários rurais e de seus dependentes no campo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35416/geoatos.v2i14.2673

Direitos autorais

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: geoatos.editorial@gmail.com

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

  

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

  BASE LogoResultado de imagem para PERIÓDICOS CAPESResultado de imagem para sumarios.orgThumbnailResultado de imagem para redib

 
 Resultado de imagem para DRJI                                                    Resultado de imagem para MIAR INDEXADORResultado de imagem para latindexResultado de imagem para google scholar Resultado de imagem para J4F INDEXADOR