A HISTÓRIA DA DUALIDADE BRASILEIRA E A CONSTITUIÇÃO DO SETOR ELÉTRICO NO PAÍS

Rafael Catão

Resumo


Nesse trabalho abordaremos a teoria da dualidade básica da economia e da sociedade brasileira como subsídio para a análise geográfica do setor elétrico no país. O objetivo desse trabalho é analisar dentro dessa teoria a constituição e a expansão do setor elétrico do Brasil e sua distribuição no território, desde sua origem, em 1880 até a desestatização da década de 1990. O uso da energia elétrica apresentou primeiramente uma configuração pontual nas áreas mais dinâmicas do território, sendo posteriormente expandida até o sistema interligado na década de 1970, nesse período cresce vertiginosamente até a crise do endividamento. No decorrer de sua história que começa com o pioneirismo de alguns industriais brasileiros, que logo passam a conviver com empresas concessionárias estrangeiras que são suplantadas pela centralização estatal. Cada um desses períodos a produção espacial foi diferente devido aos aspectos cíclicos do capitalismo oriundo do centro dinâmico, juntamente com as elites dominantes que se alternam no poder. A historia da energia elétrica faz parte da historia do uso do território e deve ser entendida dentro da especificidade da dualidade básica da economia e da sociedade brasileira.

Texto completo:

Artigo


Direitos autorais

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: revistageoatos@gmail.com

   Indexadores: (Em breve)