VARIAÇÕES TEXTURAIS DOS LATOSSOLOS

João Osvaldo Rodrigues Nunes, Maria Cristina Perusi, Gustavo Henrique de Campos Peterlini, Rafael de Oliveira Tiezzi, Rodrigo José Pisani, Éder Lucas Rodrigues Santana

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo identificar possíveis áreas propensas a processos erosivos, a partir da análise textural, realizada em perfis de Latossolos Vermelhos, no Assentamento Rural Antônio Conselheiro - Mirante do Paranapanema/SP. A pesquisa compreendeu três etapas: trabalho de campo para coleta das amostras dos horizontes A e B de 20 perfis de solo, análise textural e a elaboração da carta das variações texturais. A partir da elaboração da carta foram identificadas duas classes texturais: arenosa e média. A identificação das classes texturais, dentre tantos aspectos, auxilia na utilização e manejo adequado dos solos, procurando evitar o surgimento de processos erosivos que venham a causar conseqüências econômicas às famílias dos agricultores assentados nos lotes. De maneira geral, esses solos apresentam boas condições no que diz respeito à tolerância a perdas por erosão. Mas o uso inadequado, notadamente o preparo convencional (solo exposto aos agentes climáticos), são os principais causadores da degradação dos solos.


Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.35416/geoatos.v1i6.218

Direitos autorais

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: geoatos.editorial@gmail.com

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

  

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

  BASE LogoResultado de imagem para PERIÓDICOS CAPESResultado de imagem para sumarios.orgThumbnailResultado de imagem para redib

 
 Resultado de imagem para DRJI                                                    Resultado de imagem para MIAR INDEXADORResultado de imagem para latindexResultado de imagem para google scholar Resultado de imagem para J4F INDEXADOR