Movimentos Sociais: interfaces entre a Geografia e as Ciências Sociais

Erika Vanessa Moreira, Lucas Loureiro Leite

Resumo


Os movimentos sociais, como um constructo humano, não pode ser completamente definido e delimitado. Colocando esta perspectiva, esta nota tenta fazer um mapeamento dos diversos autores e contribuições da Geografia e das Ciências Sociais e compreender as diversas possibilidades de análise deste fenômeno. A partir de casos mais recentes nos últimos 3 anos, questiona-se sobre como o pensamento geográfico e o social podem contribuir com base nos “modelos” anteriores de movimentos sociais .  No final do texto, ressalta-se a diferença com os “ativismos sociais”, que se distanciam das características apontados para os movimentos sociais abordados pelos autores trabalhados.  Utilizando-se de conceitos como território, espaço, redes sociais online, e intencionalidade busca-se relacionar e apresentar questões para os movimentos organizados e atuantes hoje.  


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35416/geoatos.v1i5.4782

Direitos autorais 2018 Geografia em Atos (Online)

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: geoatos.editorial@gmail.com

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

  

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

       BASE LogoResultado de imagem para PERIÓDICOS CAPESResultado de imagem para sumarios.orgResultado de imagem para redib

 
 
  1. Resultado de imagem para DRJI                                                    Resultado de imagem para MIAR INDEXADORResultado de imagem para latindexResultado de imagem para google scholar Resultado de imagem para J4F INDEXADOR