Movimentos Sociais: interfaces entre a Geografia e as Ciências Sociais

Erika Vanessa Moreira, Lucas Loureiro Leite

Resumo


Os movimentos sociais, como um constructo humano, não pode ser completamente definido e delimitado. Colocando esta perspectiva, esta nota tenta fazer um mapeamento dos diversos autores e contribuições da Geografia e das Ciências Sociais e compreender as diversas possibilidades de análise deste fenômeno. A partir de casos mais recentes nos últimos 3 anos, questiona-se sobre como o pensamento geográfico e o social podem contribuir com base nos “modelos” anteriores de movimentos sociais .  No final do texto, ressalta-se a diferença com os “ativismos sociais”, que se distanciam das características apontados para os movimentos sociais abordados pelos autores trabalhados.  Utilizando-se de conceitos como território, espaço, redes sociais online, e intencionalidade busca-se relacionar e apresentar questões para os movimentos organizados e atuantes hoje.  


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2018 Geografia em Atos (Online)

 ISSN: 1984-1647

E-mail para contato: geoatos.editorial@gmail.com

   Indexadores: (Em breve)