GLOBALIZAÇÃO E CRISE DA EDUCAÇÃO: NOTAS PARA UMA AÇÃO ÉTICA NA ESCOLA

Valter Machado da Fonseca, Sandra Rodrigues Braga

Resumo


Este artigo debate os principais aspectos da globalização econômica neoliberal. Procura, sobretudo, relacioná-los com os elementos que caracterizam a crise da modernidade, civilizacional ou ocidental. Para tanto, ele enfatiza o processo do surgimento e evolução das chamadas revoluções tecnológicas. No contexto da sociedade global, ele procura analisar a escola, o ambiente escolar e a legislação educacional no Brasil. Enfim, ele analisa também o processo educacional da modernidade que acaba refletindo as mesmas contradições, incongruências e discrepâncias oriundas da crise do modelo liberal-conservador. Por fim, este texto indaga sobre a ética, e a nova postura que educadores/educandos devem assumir diante da crise educacional. Ele conclui, afirmando que a inserção dos temas transversais, no currículo escolar pode servir de importante instrumento, a ser utilizado por educadores(as), no sentido da construção de um modelo educacional, que rompa com a irracionalidade do racionalismo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v1i16.869

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio