GEOSSISTEMAS: INTERPRETAÇÃO E APLICAÇÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO TAPERA, JUIZ DE FORA-MG

Rômulo Montan Costa, Ricardo Tavares Zaidan

Resumo


O presente artigo tem por objetivo empreender a classificação tipológica, representação cartográfica e a interpretação dos geossistemas a partir da concepção teórica engendrada por Viktor Sochava. Foi adotada como unidade de análise a bacia do Córrego Tapera, que apresenta uma dimensão local e se localiza na cidade de Juiz de Fora, a sudeste do Estado de Minas Gerais, na Mesorregião Geográfica da Zona da Mata Mineira, região da Mantiqueira Setentrional. Os geossistemas foram interpretados em seus níveis topológicos em escala de 1/10.000 e discernidos através da associação do sistema de classificação bilateral com o método Top Dow. Tal procedimento propiciou apreender as tipologias referentes às fácies e aos grupos de fácies, os quais se agrupam e apresentam como correspondentes na fileira oposta, respectivamente, as integridades heterogêneas referentes ao Microgeócoro e ao Mesogeócoro.

Texto completo:

PDF

Referências


CAVALCANTI, L.C.S. Da descrição de áreas à teoria dos geossistemas: uma abordagem epistemológica sobre sínteses naturalistas. Pernambuco, 2013. 218p. Tese (doutorado em geografia) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

CEIVAP (Comitê Executivo de Estudos Integrados da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul); AGEVAP (Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul); COPPETEC (Fundação Coordenação de projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos). Plano de recursos hídricos da bacia do Rio Paraíba do Sul – caderno de ações da área de atuação do PS1 (Anexo 3 do relatório contratual R-10). Rio de Janeiro: CEIVAP/AGEVAP/COPPETEC, 2006.

GATTO, L. C. S.; RAMOS, V. L. S.; NUNES, B. T. A.; MAMEDE, L.; GÓES, M. H. B.; MAURO, C. A.; ALVARENGA, S. M.; FRANCO, E. M. S.; QUIRICO, A. F.; NEVES, L. B. Geomorfologia. In: Projeto RADAMBRASIL. Folha SF-23/24 Rio de Janeiro/Vitória. Rio de Janeiro: IBGE, 1983.

HAIGH, M. J. Geography and General System Theory, Philosophical Homologies and Current Practice. Geoforum, Vol. 16, n. 2, 1985. p. 191-203.

IBGE. Manual técnico de geomorfologia / Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais. – 2. ed. - Rio de Janeiro: IBGE, 2009. 182p.

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS – IPT. Mapa geomorfológico do Estado de São Paulo. São Paulo, 1981.

MARQUES NETO, R. Fundamentos para interpretação e mapeamento de geossistemas a partir do relevo: abordagem segundo a escola russa. Revista Geonorte, Edição Especial 4, V.10, N.1, p.402-408, 2014

MARQUES NETO, R.; PEREZ FILHO, A.; OLIVEIRA, T. A. de. Geossistemas na bacia do Rio Verde (MG): proposta de mapeamento de sistemas ambientais fÌsicos em escala regional. GEOGRAFIA, Rio Claro, v. 39, n. 2, p. 321-336, mai./ago. 2014.

MARQUES NETO, R. As regiões montanhosas e o planejamento de suas paisagens: proposta de zoneamento ambiental para a Mantiqueira meridional mineira. Confins. Revue franco-brésilienne de géographie/Revista franco-brasilera de geografia, n. 35, 2018.

MORIN, E. Ciência com consciência.Trad.de Maria D. Alexandre e Maria Alice SampaioDória. Ed. revista e modificada pelo autor – 8ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005. 350p.

PONÇANO, W. L; CARNEIRO, C. D. R; BISTRICHI, C. A; ALMEIDA, F. F. M; PRANDINI, F. L. Mapa geomorfológico do estado de São Paulo. Vol. 1. Instituto de Pesquisas Tecnológicas, Divisão de Minas e Geologia Aplicada, 1981. 94p.

PLYUSNIN, L.M.; KORYTNY, L.M. The 55th Anniversary of the V.B. Sochava Institute of Geography SB RAS. Geography and Natural Resources.Vol. 33, n.4, 2012. p. 5-12.

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA (PJF). Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano. 1ª Edição. Juiz de Fora: Concorde, 2004. 580p.

ROSS, J. L. S. O Registro Cartográfico dos Fatos Geomórficos e a Questão da Taxonomia do Relevo. Revista do Departamento de Geografia. FFLCH-USP. n. 6. São Paulo, 1992.

SEMENOV, Y.M.; SNYTKO, V.A. The 50th Anniversary of the Appearance of V. B. Sochava’s First Article on the Geosystem. Geography and Natural Resources. Vol. 34, n. 3, 2013. p. 5-8.

SOCHAVA, V.B. O estudo de geossistemas. Métodos em questão, n.16, IGUSP. São Paulo, 1977. 51 p.

_______________. Por uma teoria de classificação dos geossistemas de vida terrestre. Biogeografia. São Paulo, n. 14, 1978. 24p.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA (UFV). Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais; UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS. Fundação Estadual do Meio Ambiente. Mapa de solos do Estado de Minas Gerais: legenda expandida. Belo Horizonte: Fundação Estadual do Meio Ambiente, 2010. 49p.




DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v26i49.6325

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

Imagem relacionada

Apoio