A INSERÇÃO DA CIDADE DE PORTO PRÍNCIPE NA ECONOMIA GLOBAL DURANTE PROCESSO DE ACUMULAÇÃO PRIMITIVA DO CAPITAL

Ismane Desrosiers

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar, dentro de uma perspectiva espaço temporal, a inserção da cidade de Porto Príncipe na economia global durante o processo de acumulação primitiva do capital, especialmente, a partir da colonização francesa de Saint Domingue, o atual Haiti entre os séculos XVII e XVIII. Para isso, procuramos mostrar o papel desta cidade na era do capitalismo comercial entre o centro deste sistema e a sua periferia dominada. Nesse sentido, a análise está estruturada em dois principais eixos: o processo da colonização do Haiti que foi fundamentado na plantation como modo de produção, no trabalho escravo como uma das formas de acumulação primitiva do capital na colônia e o papel da cidade de Porto Príncipe dentro dessa dinâmica. A metodologia que contempla este trabalho baseia-se em fontes bibliográficas, em especial, autores da historiografia social e econômica haitiana.

Palavras-chave: Haiti, Colonização, Acumulação primitiva, Porto Príncipe.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v26i49.6314

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

Imagem relacionada

Apoio