ANÁLISE DA EXPANSÃO URBANA DO BAIRRO DE CAMPO GRANDE,RIO DE JANEIRO, NO PERÍODO DE 1986 A 2016

Michele Souza da Silva, Jorge Marques da Paixão Filho

Resumo


O bairro de Campo Grande faz parte do Município do Rio de Janeiro, RJ, com localização na Zona Oeste, e é reconhecido por sua grande extensão de território e de moradores. Este local vem passando por modificações e expansões de sua área urbana nas últimas décadas, principalmente após 1990 e 2000, com o crescimento de construções de condomínios residenciais e prédios comerciais. Diante de tal fato, esta pesquisa possui como objetivo analisar a evolução urbana a partir do reconhecimento do processo histórico de ocupação e do mapeamento de uso e cobertura da terra em um período de trinta anos. Para tanto, foi realizado um levantamento bibliográfico para compreender a ocupação inicial até a urbanização do bairro, e no mapeamento foram utilizadas imagens dos satélites Landsat-5 TM e Landsat-8 OLI, dos anos de 1986 e 2016, respectivamente. Após fazer os devidos processamentos das imagens, foram gerados os mapas para fins de comparação. Com os resultados obtidos, percebe-se que ocorreram modificações a partir do aumento da urbanização em algumas áreas do bairro e alterações na sua vegetação.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, M.A. Evolução Urbana do Rio de Janeiro.4. ed.Rio de Janeiro: Instituto Pereira Passos, 2006.

BRASIL. Conselho Nacional Do Meio Ambiente. Resolução n° 06 de 04 de Maio de 1994. Diário Oficial da União,Brasília, DF, 30 mai. 1994. Disponível em: . Acesso em: 13 agosto de 2018.

BRASIL. IBGE. Censo Demográfico 2010. Características da população e dos domicílios: resultados do universo. Rio de Janeiro:2010. Disponível em: . Acesso em:13 agosto de 2018.

CHEUNG, K. C.; MARQUES, M. C. M.; LIEBSCH, D. Relação entre a presença de vegetação herbácea e a regeneração natural de espécies lenhosas em pastagens abandonadas na Floresta Ombrófi la Densa do Sul do Brasil. Acta Botânica Brasileira, v. 4, n. 23, p.1048-1056, mar. 2009.

CÔRREA, L. R. Espaço Urbano. São Paulo: Editora Ática, 1989.

CORTE, A.P.D.; DLUGOSZ, F.L.; CENTENO, J.A.S. Testes de limiares para a segmentação de imagens SPOT-5 visando a detecção de plantios florestais. Revista Acadêmica Ciências Agrárias e Ambientais, v.6, 2008.

FONSECA, P. R.; FRANÇA, S. L. A. O Crescimento Urbano e suas consequências na reconfiguração do bairro de Campo Grande. RDE-Revista de Desenvolvimento Econômico, Salvador (BA),v. 13, n. 24, p.24-34, 2011.

FRIDMAN, F. Donos do Rio em nome do rei: Uma história fundiária da cidade do Rio de Janeiro. 1 ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1999.

FRÓES, J. N. S.; GELABERT, O. R. E. Rumo ao Campo Grande por trilhas e caminhos. 2.ed. Rio de Janeiro: Brunner, 2005.

GOES, C. A.; MELLO FILHO, W. L.; CARVALHO, M. Avaliação do desempenho de diferentes classificadores (Isoseg, Bhattacharyya, Maxver e Maxver-ICM), utilizando imagens Avaliação do desempenho de diferentes classificadores (Isoseg, Avaliação do desempenho de diferentes classificadores (Isoseg, Bhattacharyya, Maxver e Maxver-ICM), utilizando imagens CCD/CBERS-1 e ETM+/Landsat-7 fusionadas. Revista Ambiente & Água, v. 1, p. 80-89, 2006.

MOREIRA, R. Formação do Espaço Agrário Brasileiro.1 ed. São Paulo: Brasiliense, 1990.

OLIVEIRA, R. de Lucena. Centralidade na Periferia: a centralidade de Campo Grande Grande na Zona Oeste da Metrópole Carioca. 2014. 138 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana) - Curso de Programa de Engenharia Urbana, Escola Politécnica, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.

PEDREIRA, B. da C. C. Gomes; ABREU. M. B. de.; FIDALGO. E. C. C.Proposta de Legenda para o Mapeamento do Uso e Cobertura da Terra na Bacia Hidrográfica do Rio Macacu, RJ. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2007. Disponível em: . Acesso em: 13 de agosto de 2018.

RIO DE JANEIRO. Lei Complementar n°111, de 1 de fevereiro de 2011.Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Sustentável do Município do Rio de Janeiro, RJ, 22 mar. 2011.

SANTOS JUNIOR, W. M. Utilização de Geotecnologias no Mapeamento Digital de Uso da Terra e Cobertura Vegetal para o subsídio do Zoneamento Ambiental no Parque Estadual da Serra da Tiririca (PESET, Brasil). In: QUINTA FERREIRA, M.; BARATA, M. T.; LOPES, F.C.; ANDRADE, A. I.; HENRIQUES, M. H.; PENA DOS REIS, R.; IVO ALVES, E. (Org.). Para Desenvolver a Terra.1. ed. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, v. 1, p. 17-531, 2012.

SILVA, M.S. Expansão imobiliária no bairro Campo Grande e os problemas socioambientais: uma análise sob a perspectiva da qualidade ambiental e qualidade de vida. 2014. 139 f. Monografia (Graduação). Instituto Multidisciplinar, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro,2014.

SILVA, M. S. O campo termo-higrométrico intra-urbano e a formação de ilhas de calor e frescor urbanas no bairro de Campo Grande (RJ). 2017. 167 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.




DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v26i48.5994

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio