O LEGADO INDÍGENA DO MUNICÍPIO IEPÊ: PROTEÇÃO, DIVULGAÇÃO E GESTÃO DE SEUS SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS

Lisandra Hernández Montardy, Neide Barroca Faccio

Resumo


O presente artigo diz respeito ao legado indígena do Município de Iepê, considerando os processos de proteção, divulgação e gestão de seus sítios arqueológicos, assim como a criação do Museu de Arqueologia de Iepê, como expressão do interesse da população local e da Prefeitura Municipal de Iepê, de ampliar o respeito por esse patrimônio, por meio de seu conhecimento e valorização. Nesse mesmo artigo, abordam-se as ações de educação patrimonial desenvolvidas no município, no marco dos projetos de extensão universitária da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Campus de Presidente Prudente: “Museu/Universidade: a extroversão do conhecimento” e “A Pré-História contada por meio dos Objetos”, refletindo sobre a importância do programa de educação patrimonial efetuado nesse contexto, e seu enfoque na sensibilização de estudantes e professores no âmbito escolar do Ensino Fundamental e Médio, com as riquezas arqueológicas e a memória indígena do Oeste Paulista, promovendo a popularização desses conhecimentos como parte do fortalecimento dos sentimentos de identidade da população da região.

Texto completo:

PDF

Referências


AIALA, S. Município de Iepê inaugura instalações do Museu Arqueológico. 2007. Disponível em: Acesso em: 14 abr. 2018.

ALVES, A. F. A apropriação dos recursos naturais por grupos pré-históricos no Baixo Vale do Rio Paranapanema Paulista: o estudo do sítio arqueológico Lagoa Seca, Iepê, SP. (Monografia de Bacharel em Geografia) FTC/UNESP. Presidente Prudente, SP, 2013.

BACO, H. M. Di. Arqueologia Guarani e Experimental no Baixo Paranapanema Paulista: o estudo dos sítios arqueológicos Lagoa Seca, Pernilongo, Aguinha e Ragil II. (Tese de Mestrado em Arqueologia) MAE/USP, São Paulo, SP, 2012.

______.. A cerâmica pintada Guarani: o estudo dos desenhos presentes nas cerâmicas arqueológicas da área do Projeto Paranapanema (Tese de Doutorado em Arqueologia) MAE/USP, São Paulo, SP, 2018.

DA SILVA, C. J. Iepê, minha amada querida. São Paulo: Edição do autor, 2006.

FACCIO, N.B. Projeto Museu/Universidade: a extroversão do conhecimento. FCT/UNESP. Presidente Prudente, SP, 2000.

______. Arqueologia Guarani na Área do Projeto Paranapanema: estudo dos sítios de Iepê. (Tese de Livre-Docência em Arqueologia). MAE/USP, São Paulo, SP, 2011.

______. Os Sítios Arqueológicos Guarani do Município de Iepê, Estado de São Paulo. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo. Brasil, vol. 25, 2015, p. 119-131.

______. Relatório de diagnóstico arqueológico prospectivo e programa de educação patrimonial para a área da COCAL. Arqueologia Preventiva. 2016.

FACCIO, N.B et al. Projeto A Pré-História contada por meio dos objetos. FCT/UNESP. Presidente Prudente, SP, 2017.

GUIA DAS ARTES. Museu de Arqueologia de Iepê. 2015. Disponível em: Acesso em: 16 abr. 2018.

IBGE. Iepê 2017. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/iepe/panorama>Acesso em: 13 jun. 2018.

LUZ, J. A. R. Estudo da tecnologia de peças líticas lascadas no Vale do Rio Paranapanema: Sítios Arqueológicos Vallone e Gurucaia. (Tese de Mestrado em Arqueologia) MAE/USP, São Paulo, SP, 2010.

LUZ, J.A.R.; FACCIO, N.B. A pedra lascada dos índios guarani, pré-históricos, a partir de uma análise tecnológica. Anais do V encontro do Núcleo Regional Sul da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Rio Grande, RS, 2006.

MORAIS, J. L. Projeto Paranapanema: Avaliação e perspectivas. Revista de Antropologia. Vol. 24. MAE/USP, São Paulo Brasil, 1981.

______. Salvamento arqueológico na área de influência da PCH Moji-Guaçu. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, MAE-USP, São Paulo, N° 5. 1995.

________.Perspectivas geoambientais da arqueologia do Paranapanema Paulista. (Tese de Livre Docência) MAE/USP, São Paulo, 1999.

PASSOS, M. T. O espaço das práticas mortuárias dos Guarani pré-coloniais do baixo e médio Rio Paranapanema, SP. (Monografia de Bacharel em Geografia) FTC/UNESP. Presidente Prudente, SP, 2013.

PREFEITURA MUNICIPAL DE IEPÊ. Página Web Oficial da Prefeitura Municipal de Iepê. 2014. Disponível em: Acesso em: 20 jun. 2018.

PREFEITURA MUNICIPAL DE IEPÊ. Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Iepê. 2010. Disponível em: < http://www.cati.sp.gov.br/conselhos/arquivos_mun/236_09_02_2011_IndianaPMDRS.pdf> Acesso em: 20 jun. 2018.

ROSA, Z. P. et al. De Liberdade à Iepê: uma terra para todos. Bauru: Canal 6, 2013.

UEB COMUNICAÇÃO. Memorial de Iepê. 2012. Disponível em: Acesso em: 13 jun. 2018.

UNAN. Lançamento de livros em Presidente Prudente. 2015. Disponível em: < http://unan.unesp.br/destaques/17964/Lancamento-de-livros-em-Presidente-Prudente> Acesso em: 16 abr. 2018.

VIEIRA, D. H., ROSA, C. B. L., FACCIO, N. B. Oficina arte rupestre como metodologia de ensino da arqueologia nas escolas. Anais do XXVI Congresso de Iniciação Científica da FCT/UNESP, Presidente Prudente, SP. 2014.




DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v26i48.5979

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio