CATEGORIAS MARXISTAS E ANÁLISE DO PROCESSO DE VALORIZAÇÃO CAPITALISTA DO ESPAÇO

Paulo Godoy

Resumo


O artigo apresenta considerações acerca do processo de valorização capitalista do espaço a partir de duas categorias que são, na perspectiva da análise aqui empreendida, fundamentais a explicação da relação entre valor e espaço: renda fundiária e capital fixo. O objetivo consiste na exposição da propriedade capitalista da terra, da divisão social do trabalho e das formas de concentração e centralização do capital como sendo as determinações sociais gerais que historicamente produzem as condições materiais de valorização capitalista do espaço. O modo específico de circulação do capital fixo como qualificativo do espaço, mediante as funções de incorporação de valor ao solo e sua expressão abstrata na forma de juros, é analisado no âmbito das práticas capitalistas de apropriação diferencial do espaço-mercadoria no ciclo de rotação do capital monetário.

Texto completo:

PDF

Referências


COTRIM, Ivan Karl Marx: a determinação ontonegativa originária do valor. São Paulo: Alameda, 2011.

HARVEY, D. A Produção Capitalista do Espaço. Tradução: Carlos Szlak. São Paulo: Annablume, 2005.

HARVEY, D. Os Limites do Capital. Tradução: Magda Lopes. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K. A Origem do Capital: a acumulação primitiva. Tradução: Walter Maia. São Paulo: Editora Fulgor Limitada, 1964.

MARX, K. Teorias da mais-valia: história crítica do pensamento econômico – Livro 4 de O Capital, Volume II. Tradução: Reginaldo Sant´anna. São Paulo: DIFEL, 1980.

MARX. K. O Capital – Livro III, Vol. 6. – O Processo Global da Produção Capitalista. Tradução: Reginaldo Sant´anna. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1984.

MARX, K. Formações Econômicas Pré-Capitalistas. Tradução: João Maia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

MARX. K. Contribuição à Crítica da Economia Política. Tradução: Florestan Fernandes. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

MARX, K. Salário, Preço e Lucro. Tradução: Eduardo Saló. Bauru: Edipro, 2004.

MARX, K. Cadernos de Paris & Manuscritos Econômico-Filosóficos de 1844. Tradução: José Paulo Netto; Maria Antónia Pacheco. São Paulo: Expressão Popular, 2015.

MARX, K. Grundrisse – manuscritos econômicos de 1857-1858: esboços da crítica da economia política. Tradução: Maria Duayer e Nélio Shneider. São Paulo: Boitempo, 2011.

MARX, K. O Capital - Livro I – crítica da economia política: O processo de produção do capital. Tradução Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX. K. O Capital – Livro II – O Processo de Circulação do capital. Tradução: Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K. O Capital – Livro III – O Processo Global da Produção Capitalista. Tradução: Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2017.

MORAES, A. C. R. Fixação do valor e capital fixo. São Paulo: Boletim Paulista de Geografia, nº 72, 1984, p. 83-93.

MORAES, Antonio Carlos Robert de; COSTA, Wanderley Messias da. A geografia e o processo de valorização do espaço. In: SANTOS, M. (Org.) Novos rumos da geografia brasileira. São Paulo: Hucitec, 1982.

MORAES, A. C. R.; COSTA, W. M. da Geografia Crítica – a valorização do espaço. São Paulo: Hucitec, 1984.

ROSDOLSKY, Roman Gênese e Estrutura de O capital de Karl Marx. Tradução: César Benjamin. Rio de Janeiro: EDUERJ; Contraponto, 2001.

SEABRA, Odete C. de L. Pensando o processo de valorização e a geografia. Boletim Paulista de Geografia, n. 66, 1988, pp. 97-103.




Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS









Apoio