O IMPACTO GEOECONÔMICO DA REESTRUTURAÇÃO TECNICO-ECONÔMICA NAS ESTRUTURAS PRODUTIVAS CATARINENSE

Carlos José Espíndola

Resumo


A economia catarinense e os seus diferentes ramos produtivos vêm, desde o fim dos anos 1980, sofrendo fortes ajustes em decorrência das políticas econômicas nacionais implantadas.  Ao longo dessa conjuntura, um conjunto de empresas viu-se forçado a desenvolver estratégias e capacitações, visando à manutenção de seu desempenho competitivo. Tratou-se de um intenso processo de reestrutura técnico-econômica que vai desde investimentos em processos e produtos à adoção de novas técnicas de gestão, desverticalização produtiva, redefinições patrimoniais, redução de linhas de produção, entre outros aspectos. Tal processo foi diferenciado entre os setores produtivos, o que, por sua vez, resultou em distintos impactos geoeconômicos. Assim sendo, este texto objetiva desvendar o impacto territorial da reestruturação técnico-econômica nas estruturas produtivas catarinense no período pós-1990.

Texto completo:

PDF

Referências


BELTRÃO, Leila M.V. A Indústria nos pequenos municípios do Sul de Santa Catarina. 2016. 259 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

CABRAL, Eliza Bezerra. Estudo geográfico do porto de São Francisco do Sul e do terminal de Itapoá-SC. 2011. 290 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

CAMPOS, Margarida Cássia. A Embrapa/Soja em Londrina – PR: a pesquisa agrícola de um país moderno.. 2010. 123 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.

CÁRIO, Sílvio Ferraz; ENDERLE, Rogério. Arranjo produtivo de cerâmica de revestimento da região sul. In: CÁRIO, Sílvio Ferraz et al (Org.). Economia de Santa Catarina: Inserção industrial e dinâmica competitiva. Florianópolis: Nova Letra, 2008. p. 136-182.

CONTINI, E. et al. Evolução recente e tendências do agronegócio. Revista de Política Agrícola: CONAB, Brasília, p.5-28, mar. 2006.

DORIGON, C.; RENK, A.. Técnicas e métodos tradicionais de processamento de produtos coloniais: de miudezas de colonos pobres aos mercados de qualidade diferenciada. Revista de Economia Agrícola, São Paulo, v. 58, n. 1, p.101-113, 2011.

EMERIQUE, Lucas Possedente. Origem do desenvolvimento e panorama atual da cadeia produtiva da maçã em Santa Catarina. 2008. 147 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

ESPÍNDOLA, Carlos J. As agroindústrias de carne do sul do Brasil. 2002. 268 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

______.Evolução e dinâmica da economia urbana da fachada atlântica catarinense: breves considerações. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA URBANA, 14., 2015, Fortaleza. Anais...Fortaleza: UFC, 2015. v. 1, p. 131-154.

FEPESE. Fundação de Pesquisas Sócioeconomicas. Dados estatísticos. 2012. Florianópolis. Disponível em: . Acesso: 10 mar. 2016.

GONÇALVES, José S. Agricultura sob a égide do capital financeiro: passo rumo ao aprofundamento do desenvolvimento dos agronegócios. Informações Econômicas: IEA, São Paulo, v. 35, p.7-36, abr. 2005.

GOULARTI FILHO, A. Formação Econômica de Santa Catarina. Florianópolis: UFSC, 2007.

_______. JENOVEVA NETO, Roseli. A indústria do vestuário: economia, estética e tecnologia. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 1997.

FARIAS, Fernando Rodrigo. A Dinâmica Geoeconômica do Cooperativismo Agropecuário do Sul do Brasil. 2015. 359 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: 2012http://www.pintec.ibge.gov.br/index.php?option=com_content_extjs&view=article&id=17&Itemid=6. Acesso em: 14 mar. 2016.

_______. Produto interno bruto dos municípios. 2013. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/pesquisas/pesquisa_resultados.php?id_pesquisa=46>. Acesso em: 14 mar. 2016.

_______. Censos: 2000; 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 jun. 2016.

KAESEMODEL, Maria Salete Munhoz. A indústria moveleira em São Bento do Sul-SC. 1990. 154 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1990.

LOSSO, Flavia Baratieri. A Vitivinicultura de Altitude em Santa Catarina: Desafios para o Desenvolvimento do Enoturismo. 2016. 307 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

LINS, H. N.; COLETTI, T. Globalização, agroindústria e agricultura familiar: a recente saga do Oeste catarinense em torno da suinocultura. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA POLÍTICA, 15, 2010, São Luiz. Anais... São Luiz, 2010.

MACHADO, Helen Cristina. A territorialização turística no município de Urubici-SC. 2016. 188 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

MAMIGONIAN,Armem. Atualidades geográficas: vida regional em Santa Catarina. Revista Orientação, São Paulo, v. 2, p.35-38, 1964.

MAMIGONIAN, Armem. A indústria de Santa Catarina: dinamismo e estrangulamento. In: MAMIGONIAN, Armem (Org.). Santa Catarina: Estudos de Geografia Econômica e Social.. Florianópolis: GCN/CFH/UFSC, 2011. p. 73-121.

MIOR, Luiz Carlos. Agricultura familiar, agroindústria e território: a dinâmica das redes de desenvolvimento rural no Oeste catarinense. 2003. 316 f. Tese (Doutorado) - Curso de Interdisciplinar, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

______. Agricultura familiar, agroindústria e desenvolvimento territorial. In: Colóquio Internacional de Desenvolvimento Rural Sustentável, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2007.

MIOTO, Beatriz; LINS, Hoyêdo N.; MATTEI, Lauro. A realidade demográfica de Santa Catarina na virada do século XXI. In: MATTEI, Lauro; LINS, Hoyêdo N. (Org.). A Socioeconomia catarinense: cenários e perspectivas no início do século XXI. Chapecó: Argos, 2010. p. 283-323.

MIRANDA, Claúdio Rocha de. Avaliação de estratégias para a sustentabilidade da suinocultura em Santa Catarina. 2005. 264 f. Tese (Doutorado) - Curso de Engenharia Ambiental, Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

MOURA, Rosa; SANTOS, Gislane. Semelhanças e diferenças no processo de urbanização do sul do Brasil. In: PEREIRA, Elson Manuel; DIAS, Leila Cristina. (Org.). As cidades e a urbanização no Brasil. Passado, presente e futuro. Florianópolis: Insular, 2011. p. 180-198.

MULLER, R. B. Estudo geográfico do processo de industrialização de Timbó-SC. 2012. 225 f. Dissertação (Mestrado)- Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.

NAPOLEÃO, Fábio. Origem desenvolvimento e crise da indústria joinvillense de materiais de construção em PVC. 2005. 510 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

NEU, Márcia Fernandez Rosa. Porto de Imbituba/SC: de armação baleeira a porto carbonífero: da gênese à crise. 1999. 186 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1999.

PEREIRA, Raquel. M. F. do A. A geografia e as bases da formação nacional brasileira: uma interpretação fundamentada nas idéias de I. Rangel. 1997. 283 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.

RAULINO, Ivo. Abertura Comercial, crise e reestruturação produtiva na grande empresa têxtil do Médio Vale do Itajaí: Mitos e verdades. Cadernos Geográficos, Florianópolis, v. 31, p.1-110, jun. 2014.

REGENSBURGER, Josiane. Indústria e espaço urbano: implicações socioespaciais no munícipio de Joaçaba-SC. Dissertação (mestrado)- Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

ROCHA, Isa de Oliveira. Exportações industriais de Santa Catarina (1950-2010) In: MAMIGONIAN, Armen (Org.). Santa Catarina: Estudos de Geografia Econômica e Social. Florianópolis: GCN/CFH/UFSC, 2011.

ROCHA, Isa de Oliveira. . Industrialização de Joinville-SC: da gênese as exportações. 1997. 189 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1997.

ROSA, Helton Rogério da. Gênese, Evolução e Reestruturação da Indústria Calçadista de São João Batista-SC. 2014. 272 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

SANTOS, Fabíola Martins dos. Geografia das Redes Hoteleiras Mundo, Brasil e Santa Catarina. 2012. 399 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.

SCHLIKMANN, Paulo Henrique. Estudo Geográfico das indústrias de plástico de São Ludgero-SC. 2012. 276 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.

SIEBERT, Claudia. A. F. A indústria e estado: Reestruturação produtiva e o reordenamento territorial do Médio Vale do Itajaí. 2006, 231 f. Tese (Doutorado) – Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

SILVA, Marcos A. Gênese e Dinâmica Competitiva da Indústria de Equipamentos Elétricos do Sul do Brasil. 2005. 346 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

TESTA, V. M. et al. O desenvolvimento sustentável do Oeste Catarinense: proposta para discussão. 1996, Florianópolis: EPAGRI. Florianópolis, 1996. 247 p.

SOUZA, Joel J. O complexo Agroindustrial de Laticínios no Brasil: o caso da Região Sul. 2014. 289 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

THOMÉ, N. Ciclo da Madeira. Caçador: Universal, 1995.

VIEIRA, M. G. E. D; PEREIRA, R. F. A formações sócio-espaciais catarinenses. In: Congresso de História e Geografia de Santa Catarina, 1996, Florianópolis. Anais... Florianópolis: IHGSC, 1996, p. 564-572.

VIEIRA, Keith I. Gênese e evolução da indústria cerâmica catarinense. 2009. 243 f. Dissertação (Mestrado)- Curso de Geografia, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.




Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS









Apoio