LUGAR-MUNDO: A MUNDIALIZAÇÃO DE EXISTÊNCIAS DOMINADAS

Danielle Gregole Colucci

Resumo


Este artigo apresenta reflexões sobre a proximidade contemporânea das categorias lugar e mundo. Para tanto, aborda ambas em suas relações de indissociabilidade, moldadas a partir do processo de mundialização econômica que, paulatinamente, condicionou as existências dos sujeitos nos lugares. Entretanto, pode-se dizer que esse processo foi possível apenas devido à internalização, em tais sujeitos, de valores próprios difundidos ao longo da denominada Modernidade, que acoplou-se, aos poucos, ao processo de difusão global do modo de produção capitalista. Nesse sentido, busca-se propor que tais valores estão associados a uma perspectiva existencial oriunda de relações de dominação, compreendidas de uma maneira ampla e encontradas em diversos âmbitos da produção da existência dos sujeitos do mundo. Assim, a junção lugar-mundo procura auxiliar o debate geográfico no sentido de compreender como o processo de mundialização econômica favoreceu um outro processo relacional em âmbito global: o condicionamento das existências nos lugares e no mundo a relações de dominação ou opressão.


Texto completo:

PDF


Revista Formação (Online). ISSN: 2178-7298. ISSN-L: 1517-543X