UMA ESCOLA RURAL DO MUNICÍPIO DE CASTILHO E A EDUCAÇÃO DO CAMPO

Divanir Zaffani Sant´Ana, Rosangela Aparecida Medeiros Hespanhol

Resumo


Resumo

Este artigo buscou verificar se ocorreu a implantação da Política Nacional de Educação do Campo em uma escola localizada na área rural do município de Castilho-SP, a EMEIEF Profa. Maria Dauria Silva Oliveira, a partir da análise da visão da direção, da coordenação pedagógica e dos professores sobre a proposta da Educação do Campo, assim como verificar a percepção dos alunos sobre o ensino e a vida que levam no campo. A metodologia utilizada incluiu a observação direta na escola; a aplicação de questionários padronizado específicos para cada um dos segmentos pesquisados, e uma entrevista semiestruturada (gravada) com o Diretor da Escola; além de consultas a dados de fontes secundárias. Constatou-se que a referida Escola possui boa infraestrutura física; desde 2015 já estava cadastrada como escola do campo e utilizava livro didático específico, mas não havia, até 2016, por parte do governo municipal, nenhuma iniciativa de qualificação da equipe de professores e direção em relação à Educação do Campo. Embora o Diretor tenha implantado uma horta e a utilizado para algumas atividades didáticas, os professores relataram não conhecerem a proposta e, portanto, não utilizam em sala de aula conteúdos e metodologia preconizados pela Política Nacional de Educação do Campo.


Texto completo:

PDF


Revista Formação (Online). ISSN: 2178-7298. E-ISSN: 1517-543X

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS









Apoio