UMA ANÁLISE DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO DO CAMPO A PARTIR DO MATERIALISMO HISTÓRICO-DIALÉTICO

Gerson Jonas Schirmer, Marisa Dal Ongaro, Ane Carine Meurer

Resumo


Este trabalho visa apresentar algumas reflexões acerca da Educação Ambiental, em união ao aporte teórico da educação do campo sob a ótica do materialismo histórico-dialético. Para tanto, buscou-se refletir a respeito da importância da educação do campo, relacionando-a com a inserção da temática ambiental no processo de ensino-aprendizagem. A partir das reflexões teóricas realizadas concluiu-se que para que se tenha a formação de cidadãos críticos e responsáveis, empenhados numa real transformação social, do local-global-local, faz-se necessário a valorização do espaço onde estes vivem, respeitando os modos de vida de cada sujeito. Nesse contexto torna-se cada vez mais imprescindível se compreender a natureza enquanto totalidade, por meio da indissociabilidade ente o ser humano e a própria natureza em uma relação de dependência. Outro aspecto relevante é qualificar a formação especializada dos docentes que irão atuar nas escolas do campo, buscando realizar a reflexão sobre o contexto histórico-social e ambiental que vivem os educandos

Texto completo:

PDF


Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS









Apoio