AS CIDADES PEQUENAS COMO COMPONENTE CURRICULAR PARA A GEOGRAFIA ESCOLAR

ORLANDO MOREIRA JUNIOR

Resumo


A ideia central deste artigo é discutir o tema das cidades pequenas como componente curricular para aprender e ensinar Geografia nas escolas. Tendo por base os princípios presentes nos Parâmetros Curriculares Nacionais procura-se identificar como a temática referente à urbanização e às cidades de modo geral pode ser trabalhada pelos professores, considerando-se as orientações conteúdistas e metodológicas contidas no referido documento. A partir da constatação das proposições de como o assunto é abordado pelo currículo oficial, atrelado ao fato de que a maioria das cidades brasileiras podem ser consideradas pequenas, com população inferior a 50 mil habitantes, defende-se a possibilidade de inserir o tema das cidades pequenas como componente curricular para o ensino de Geografia, para os alunos do terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental, especialmente para os alunos que vivenciam estas realidades urbanas em sua vida cotidiana. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v2i23.3956

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio