A FERROVIA SÃO PAULO-PARANÁ E A PAISAGEM URBANA DE CORNÉLIO PROCÓPIO (PR)

THIAGO BUENO SAAB, COARACY ELEUTÉRIO DA LUZ,

Resumo


Nas primeiras décadas do século passado a ligação ferroviária São Paulo-Paraná se estendeu até o Norte Pioneiro Paranaense a partir da boca de sertão Ourinhos e a estrada de ferro Sorocabana, ambos no estado de São Paulo. Tal empreendimento contou com a iniciativa privada paulista e conduziu os avanços da frente pioneira cafeeira na região, atingindo durante a década de trinta a área em que posteriormente se constituiu o município de Cornélio Procópio. Assim, a presente análise visa compreender os principais efeitos causados pelo transporte ferroviário e sua contribuição para a formação do espaço e da paisagem urbana de Cornélio Procópio. Para tanto se identificam os efeitos causados pela linha férrea na dinâmica da cidade através de estudos sobre a história da implantação da ferrovia no município, compreendendo como ocorre ao longo do tempo a integração entre ferrovia e paisagem urbana. Em função desses escopos realizaram-se levantamentos teórico-conceitual e histórico regional, entrevistas e registro fotográfico. Finalmente, esse estudo justifica-se pela relevância histórica e geográfica que a ferrovia apresenta para a cidade e região, ampliando assim a escassa bibliografia científica a respeito do assunto.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v2i23.3154

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio